segunda-feira, 2 de outubro de 2017

IAAF divulga concorrentes ao prêmio de melhores de 2017; Bolt e Gatlin estão fora

Federação Internacional de Atletismo (IAAF) divulgou nesta segunda-feira os indicados ao prêmio de melhor atleta de 2017. O público poderá votar através do site da IAAF ou das mídias sociais da entidade até o dia 16 de outubro, contribuindo com 25% do resultado final. Membros do conselho da IAAF e da chamada “família IAAF”, que reúne ex-atletas e treinadores, entre outros”, serão responsáveis pela parcela de 75%. Diferentemente de edições anteriores, não há favoritos claros ao título. No masculino destaca-se a ausência do nome de Usain Bolt, que venceu seis vezes este prêmio mas despediu-se do atletismo com apenas um bronze no Mundial de Londres. Justin Gatlin, algoz do jamaicano nos 100m, não foi lembrado nesta lista. O britânico Mohamed Farah, que deu adeus às pistas com um ouro e uma prata nos 10.000m e 5.000m, respectivamente, e o sul-africano Wayde
Van Niekerk, ouro nos 400m e prata nos 200m, aparecem com leve destaque frente aos demais concorrentes. Mo Farah foi campeão dos 10.000m no Mundial de Londres, em agosto (Foto: Getty Images) Mo Farah foi campeão dos 10.000m no Mundial de Londres, em agosto (Foto: Getty Images) Mo Farah foi campeão dos 10.000m no Mundial de Londres, em agosto (Foto: Getty Images) Após o fim do prazo para votação, a IAAF anunciará os três finalistas ao prêmio no masculino e no feminino. Os vencedores só serão conhecidos em um jantar de fala organizado pela entidade no dia 24 de novembro, em Mônaco.

Confira os dez indicados por gênero:

Masculino:
Mutaz Essa Barshim (QAT) Pawel Fajdek (POL) Mohamed Farah (GBR) Sam Kendricks (EUA) Elijah Manangoi (QUE) Luvo Manyonga (AFS) Omar McLeod (JAM) Christian Taylor (EUA) Wayde van Niekerk (AFS) Johannes Vetter (ALE)

Feminino:
Almaz Ayana (ETH) Maria Lasitskene (ANA) Hellen Obiri (QUE) Sally Pearson (AUS) Sandra Perkovic (CRO) Brittney Reese (EUA) Caster Semenya (AFS) Ekaterini Stefanidi (GRE) Nafissatou Thiam (BEL) 
(Fonte: globoesporte.com)

Nenhum comentário:

Postar um comentário